Foco no poder de lucro da empresa

Foco no poder de lucro da empresa

Se você é um investidor de crescimento de dividendos, já sabe que crescer os dividendos de forma constante é só metade da história. Todas as empresas que cresceram os dividendos de forma consistente, por mais de uma década, tiveram um padrão de crescimento no lucro durante esse mesmo período de tempo.

Como um investidor de Dividendos, meu objetivo é encontrar ações atrativas que crescem consistentemente os dividendos. Eu faço isso e compartilho com meus assinantes no Ex-Dividend, saiba mais aqui. Eu pesquiso diversas empresas de forma exaustiva na lista de empresas que cresceram dividendos. São mais de 880 empresas que aplico meus critérios de seleção e vou olhando como uma lupa para cada case de negócio. Eu não me preocupo muito com os recordes de dividendos que uma empresa alcançou. Isso é um ponto positivo? Sem dúvida. Mas não é algo decisivo nos meus estudos.

Uma empresa de dividendos passa por 3 estágios durante a sua vida, vou até fazer um artigo comentando sobre isso no futuro. Eu geralmente gosto mais da empresas que estão na segunda fase, embora as vezes tenho uma quedinha para algumas que se encontram na primeira fase.

No entanto, eu tento selecionar não só empresas que tenham um registro de aumento de dividendos, mas aquelas que têm chances decentes de continuar a crescer seus dividendos pelos próximos 20 ou 30 anos. Nem toda empresa vai conseguir isso, mas para aquelas que conseguem, elas irão gerar a maior parte do crescimento de dividendos do portfólio, falei sobre os vencedores aqui nesse artigo: Porque a maioria dos investidores falham na bolsa.

A fonte oculta do crescimento de dividendos é o crescimento dos lucros. Se você é assinante do XD+ sabe que lá tem empresas que podem aumentar os lucros por ação por um longo período de tempo. Crescer os lucros por ação são o combustível atras do crescimento de dividendos.

Por exemplo, a Visa Inc, aumentou os dividendos a 10 anos consecutivos, a empresa saiu de um lucro por ação de $0,24 para $4,09 nesse último ano de 2018, enquanto que os dividendos foram mais que dobrados saindo de $0,03 para $0,78. O resto dessa diferença foi investido no próprio negócio para assim gerar mais lucros e depois poder aumentar ainda mais os dividendos.

Uma empresa que é incapaz de crescer os lucros ao longo do tempo não poderá se dar o luxo de crescer os dividendos por tanto tempo. Por exemplo Diebold (DBD) tinha conseguido aumentar os dividendos por 60 anos consecutivos até que veio a cortar em 2013. Infelizmente, a empresa foi incapaz de crescer os lucros, e a relação de pagamento dividendos atingiu os limites que uma distribuição poderia se tornar sustentável.

Como resultado a empresa manteve a distribuição em 2014 e 2015, se o investidor segue o “Jeito Viver de Dividendos de investir” ele já teria pulado fora do barco em 2014. Aí você começa a olhar para a Diebold nos dias atuais e vê que os dividendos foram cortados de 0,96 no primeiro corte em 2016, depois cortou para 0,40 em 2017 e agora está em 0,30. E o lucro? Despencou de um lucro de $1,76 para um prejuízo de $-4,66!!!

Ok Viver de Dividendos, já entendi que o lucro é importante para o crescimento dos dividendos, mas me explica como saber que uma empresa vai conseguir crescer os lucros?

Aí que está o pulo do gato, se liga que vou te explicar como matar a charada!

Vamos pegar o caso de Procter & Gamble, a empresa possui fortes marcas e relativamente tem produtos baratos que os consumidores compram com muita frequência. A maioria dos consumidores vai ficar com uma marca cuja a qualidade eles confiam e nem irão se importar com um ligeiro aumento nos preços ao longo do tempo. Se você gosta das fraldas Pampers e confia na qualidade da marca, não vai se importar em procurar um substituto para economizar 50 centavos. Com esse poder de precificação, P&G consegue repassar os custos facilmente para os consumidores. Isso resulta em lucros crescentes ao longo do tempo.

A analise qualitativa do negócio é mais importante que analisar os números. É aqui que a maioria da galera vacila. Quem acompanha as Revista do Viver de Dividendos no XD+ sabe que cada edição ao analisarmos um ativo nosso foco maior é na análise qualitativa do mesmo. Se uma empresa tem marcas fortes e fosso largo, poderá aumentar os preços e isso não afetará os lucros gerados a partir de seus fiéis clientes.

Pega por exemplo empresas de tabaco que tem vendido vício. Empresas como essas conseguem aumentar o preço de seus produtos por anos a fio. Apesar da diminuição no número de usuários ao longo dos anos, os aumentos de preços e o corte de gastos com aumento de eficiência levantou o lucro dessas empresas por décadas.

O que você deve evitar nas suas escolhas é empresas que oferecem produtos tipo commodities, empresas que podem perder liderança devido a mudanças tecnológicas bruscas, bem como as empresas cíclicas por natureza como as de commodities.

Uma empresa de commodities deixa o mercado dizer o quanto vale seus produtos, não detém o controle do mercado consumidor e portanto não tem o poder de fixação de preços como uma Coca Cola KO ou uma Colgate Palmolive CL.

É muito comum ver investidores se enganarem com essas empresas de commodities, pois os preços flutuam de acordo com as condições econômicas. Podemos ver isso mais claramente em empresas de minério, mas especialmente em siderúrgicas.

Evite também empresas que tiveram um boom temporário nos lucros, quando você analisa, não consegue ver nada mais que sorte de estar no momento certo e no lugar certo. Pegamos aí o exemplo das petroleiras que tiveram bons resultados quando o petróleo esteve em picos passados de cotação, ou mesmo empresas de ouro mais atrás que tiveram crescimento de lucros consistente por uma década para depois a commodities se reajustar novamente.

Por fim, mas não menos importante, evite empresas cujos produtos ou serviços podem ser considerados obsoletos por mudanças tecnológicas (alô galera da UGPA kkkk), pois não serão capazes de manter o fluxo de caixa crescente para continuar os crescimentos dos dividendos. Empresas de TI são exemplo clássico disto, essas empresas raramente conseguem ter vantagens competitivas que permitam crescerem os dividendos por 15 ou 20 anos seguidos.

Olhando hoje você realmente acredita que uma INTEL continuará a fornecer tecnologia em 2030, ou seus produtos estarão obsoletos ? Alias, ela já está se tornando carta fora do baralho, olhe aqui. No entanto, muito provavelmente em 2030 teremos os consumidores ainda comendo Lay’s da Pepsico (PEP).

Em resumo, uma empresa que gerência o crescimento dos lucros ao longo do tempo, será capaz de pagar aos acionistas como recompensa um fluxo crescente de dividendos. Os investidores devem analisar cada empresa detalhamento e determinar se ela tem as características qualitativas que lhe permita crescer os lucros. Se essas características são atendidas então o trabalho do investidor é ensacar na carteira esses ativos montando um portfólio bem diversificado. Quem é assinante do XD já tem isso bem mastigado, só falta engolir, feito uma boa Lay’s :)

 

Compras Abril 2018 – PG – VTR – FPI

Compras Abril 2018 – PG – VTR – FPI

Dobrei minha posição na Procter & Gamble – PG para reforçar minha carteira de stocks americanas. Porém como o mercado de REIT tem oferecido boas oportunidades, conforme comentei nesse post, não podemos deixar de dar aquela passada nas promoções. Comprei o que considero o melhor REIT de saúda da bolsa americana e o troco gastei com as fazendas do Farmland que já vinha recebendo uns aportes recorrentes.

Novidades no Remessa On-Line

Aproveitando para comentar que a Remessa Online colocou o pais Bulgaria na lista de países para transferência, então se você criou uma história lá para transferir para o Leupay, altere o país para o correto. Outra boa noticia é que o limite de remessas internacionais aumentou para R$ 65.000,00 anuais e R$ 32.500,00 diários e as operações realizadas nos últimos 12 meses serão contabilizadas no total disponível para operar. Aproveite e faça agora mesmo sua remessa, veja aqui.

Atualização Ex-Dividend

Atenção todos os leitores assinantes do Ex-Dividend, quando fiz o artigo de número #20 esqueci de colocar a seção de “Segurança dos Dividendos” e o “Valuation”. Informo nesse post que adicionei essas duas informamos no artigo, quem já leu e quiser saber mais sobre isso favor acessar o artigo aqui.

  • Segurança de dividendos: é uma seção do Ex-Dividend onde mostramos o quão seguro estão os dividendos de uma ação, para isso analisamos o seguinte: histórico de receita, lucro, divida, dividendos, perspectivas de crescimento dos dividendos, valor da marca no mercado, valuation do negócio, market share da empresa, perspectivas do setor onde a empresa está inserida e perspectiva de crescimento das receitas futuras.
  • Valuation: Mostramos como avaliar uma ação para saber sua margem de segurança, saber se o preço atual é correspondente com suas perspectivas de crescimento.

Procter & Gamble – PG

PG nem precisa de apresentação, provavelmente você usa ou já usou frequentemente os seus produtos. Bom o fato é que dobrei posição na empresa, a empresa vinha encontrando dificuldades de achar o crescimento das receitas e dos lucros nesses últimos trimestres e tinha obtido quedas expressivas na sua receita. Apesar de seu case de negócio e suas marcas fortíssimas o mercado vinha batendo nela, desde o inicio do ano a ação caiu cerca de quase 20%.

Apesar das dificuldades do balanço e o animo do mercado não estar muito favorável, na minha visão a empresa irá conseguir reverter as quedas na sua receita. Para isso precisará de fazer aquisições no mercado ou lançar novas marcas, essa última traduza-se gastar rios com propaganda.

A empresa tem caixa reserva para realizar esses investimentos, acredito que mais de $15bi dê pra fazer bastante coisa no mercado. Sem contar que ela ainda possui um nível de endividamento baixo, onde lhe permitirá recorrer a capital externo para financiar essa retomada de crescimento, sem que esse capital sacrifique sua capacidade de remuneração dos acionistas.

Olhando os últimos resultados, fresquinhos que saíram essa semana passada a empresa apresentou o 3T18 com uma venda de $16,3 bilhões, apresentando um crescimento de 4% contra o ano anterior. E um lucro por ação de $1,00 um crescimento também de 4%.

A PG pagou $1,8 bilhões em dividendos aos acionistas marcando seu 62º ano consecutivo de crescimento de dividendo e retornou mais $1,4 bilhões em recompras de ações, por sinal boa hora para a administração recomprar, aproveitando o baixo preço. Lembrando que a PG vem pagando dividendos consecutivos a 128 anos, isso por si só já é algo fantástico.

Voltando para as aquisições a empresa anunciou um acordo para adquirir a Merck KGaA Consumer Health Care, uma empresa sediada em Darmstadt aqui na Alemanha. Essa aquisição reforça o portfólio da empresa na área de saúde com marcas como Vicks, Metamucil, Bepto-Bismol.

Essa vai ser a estratégia da PG nesses próximos anos, veremos a empresa se aproveitando de boas oportunidades que surgirem no mercado. Principalmente nessa área de saúde que junto com beleza e cuidados da pele tiveram os maiores crescimentos no trimestre com cada performance de 3% e 5% de crescimento respectivamente.

Essa compra adiciona a minha carteira de dividendo o valor de $43,84 isso convertido pelo dólar de hoje teria um crescimento na minha renda de dividendos na faixa de R$148,51.

Ventas Inc – VTR

Ventas é um REIT de saúde, pra minha modesta opinião é só o melhor REIT do setor. Chego nessa conclusão pois ao analisar seu case, e ver o quão bem diversificado o fundo é, e se comparamos com outros players parentes veremos que ele é uma peça única no mercado.

Porém assim como a PG o VTR vem apresentando um bom resultado forte a cada ano, porém o mercado vem pegando pesado contra ele se olharmos o valor de cotação do fundo ao longo do último ano.

Esse ano de 2017 teve um lucro muito bom, as receitas operacionais do VTR cresceram 13% comparado com o mesmo período de 2016. O FFO do VTR também cresceu, porém bem menos. O indicador teve $4,22 comparado com 2016.

Em termos de investimento o fundo investiu cerca de $2 bilhões, incluindo a expansão do segmento de laboratórios para as universidades de Brow Univerty e Virginia Commonwealth Univerty. Desde setembro de 2016 o fundo vem investindo pesado nesse segmento e por conta desses investimentos o fundo tem expandido cerca de 37% nesse setor de compra e aluguel de laboratórios de pesquisas para universidades e empresas de saúde e biotecnologia.

Essa compra adiciona a minha carteira de dividendo o valor de $65,52 isso convertido pelo dólar de hoje teria um crescimento na minha renda de dividendos na faixa de R$221,95.

Farmland Partners Inc – FPI

O FPI é um REIT de fazendas, já falei diversas vezes sobre ele aqui no blog, leia aqui. Quem me acompanha a mais tempo por aqui sabe que tenho feito aportes regulares nele, nada muito grande, geralmente pego a sobra dos aporte e aplico no fundo. Isso porque ele ainda está em um cenário um tanto arriscado para investimento.

De forma resumida: a coisa vinha caminhando bem até que o FPI resolveu adquirir a American Farmland Company – AFCO que era um outro REIT de fazenda, porém com um balanço bem ruim. Isso jogou temporariamente os resultados do FPI pra baixo, os acionistas ficaram desesperados e vimos isso:

Uma queda de quase 30% na cotação do FPI
Uma queda de quase 30% na cotação do FPI

Te confesso que eu mesmo pensei no inicio na época, que merda que o FPI tá fazendo… Porém não vendi no desespero e esperei os resultados pra ver o que a administração iria fazer. Eles montaram um plano, disseram que o FPI iria vender as propriedades mais problemáticas do AFCO e iria tornar as fazendas lucrativas. Bom a administração do FPI vinha fazendo um bom trabalho, resolvi dar um voto de confiança na empresa.

Esse resultado era esperado para ser um dos piores do FPI e que ele iria fechar no prejuízo. Veremos o que aconteceu logo abaixo.

No iniciou de março o fundo publicou o seu balanço de fechamento do 4T17 onde relatou um total de receita operacional de $15,6 milhões um aumento de 17% no mesmo período de 2016.

O crescimento da receita foi muito bom, porém como disse antes os lucros ainda estão um pouco comprometidos pelas aquisições da AFCO, o AFFO por ação foi de $0,16 uma queda considerável levando em conta que no ano anterior teve um AFFO de $0,36.

Particularmente eu esperava um prejuízo leve nesse trimestre, a coisa pra mim veio melhor do que a minha expectativa, por isso resolvi até fazer um novo aporte pequeno nesse mês.

A FPI nesse trimestre também adquiriu 5.114 acres de terras agrícolas de cultura permanente na California Central Valley por $110 milhões.

Se olharmos o anual teremos uma receita operacional de $46,2 milhões um aumento de 49% sobre o ano de 2016. E um AFFO de $13,3 milhões isso dá algo em torno de $0,36 por ação, frente a um AFFO de $11 milhões com uma indicador por ação calculado de $0,58.

Alguns podem questionar: Viver me explica como esse ano o AFFO total subiu pra 13 e teve um resultado pior que do ano passado que foi de $11? Simplesmente a FPI teve que lançar ações no mercado para pagar a compra da American Farmland Company.

Além disso a empresa pegou um empréstimo com a Rabo AgriFinance LLC de $80 milhões onde será disponibilizado uma pequena fração de $66,4 milhões e a FPI terá um juros de 1,7% além deste já deixou uma garantia adicional de $13,6 milhões, mas esse só será liberado em janeiro do ano que vem.

A perspectiva para esse ano de 2018 é que a empresa continue crescendo as receitas e buscando cada vez mais diminuir os gastos. A estimativa de resultado do AFFO para esse ano é algo que fique entre $0,40 e $0,44 por ação, então provavelmente teremos um corte de dividendos, vou esperar uns próximos trimestres e devo fazer um aporte de verdade quando a empresa cortar os dividendos que já estão congelados.

Essa compra adiciona a minha carteira de dividendo o valor de $5,61 isso convertido pelo dólar de hoje teria um crescimento na minha renda de dividendos na faixa de R$19,00.

Ao todo foram acrescentados na minha renda de dividendos $114,97 ou seja R$389,46 a mais por ano para somar na minha bola de neve.

Empresa Código Qtde
Procter & Gamble Co PG 16
Ventas Inc VTR 21
Farmland Partners Inc FPI 11

Já atualizei a minha carteira com essa nova aquisição.

 

Enquanto isso…

 

 

 

 

 

 

Balanço Comentado – Procter & Gamble – PG #4T15

Vamos valar hoje de mais uma campeã no pagamento de dividendos, a Procter e Gamble (PG) paga dividendos consecutivos a mais de 59 anos um marco para poucas empresa, conhece um pouco do case de negócio da empresa e olhe um estudo dos seus últimos resultados.

fullscreenClique no botão de fullscreen para visualizar em resolução maior e ficar mais nítido os textos, também verifique se foi colocado na qualidade de Full HD.

gosteiTodo o conteúdo do blog é distribuído gratuitamente e continuará assim pra sempre .  A única forma de remuneração é através da inserção de propagandas, portanto, se gostou do vídeo, por favor, clique no botão de “Gostei”, no topo do vídeo.  Desta forma, quando clicar na propaganda que aparece antes do inicio do vídeo, o blog será remunerado.

 

 

Novembro de 2015 – Dividendos recebidos

US Share Dividend
US Share Dividend

Esse é o meu assunto favorito no blog, falar sobre recebimentos de dividendos é muito bom, de certa forma cada mês que escrevo artigos como esse é como se fosse dado mais um passo rumo a independência financeira. Chega a ser fantástico se levarmos em consideração que esse montante que estou a receber nesse mês é fruto de uma ação que tomei no passado e que vai me beneficiar por anos trazendo um retorno passivo.

 

O destaque do mês foi:

  • PROCTER & GLAMBER – PG: a empresa anunciou um crescimento nos lucros de 12% excluindo os efeitos de cambio, porém essa boa noticia veio acompanhada com uma noticia ruim, onde foi anunciado uma queda na receita de 12% o que me preocupa bastante. Por um lado foi bom a empresa ter um ganho de produtividade, conseguiu melhorar as margens, porém teve uma queda no principal indicador que permite uma empresa manter um crescimento dos dividendos. Manter um crescimento da receita é algo fundamental para empresas de crescimento de dividendos. Quando uma empresa caí a receita por 1 ou 2 trimestres é até normal, o problema no caso da PG é que já estamos entrando no segundo ano com quedas na receita.
    pg receitasFato é que a PG assim como muitas empresas americanas multinacionais vem sofrendo bastante com a valorização do dólar frente a outras moedas, tanto que os impactos cambiais tem sido desastrosos principalmente para empresas como a PG que tem 60% da receita oriundas do mercado externo. Soma-se ao cambio uma desaceleração na economia mundial como um todo.

    Lafley, que é o CEO da PG, vem tomando medidas para tentar reverter esse quadro, mas até o momento não vem surtindo efeito. A ideia dele é reduzir o tamanho da empresa para torna-la mais dinâmica. Ele vem sistematicamente vendendo aquelas marcas que não tem grande expressividade na receita, para abrir espaço no desenvolvimento de novos produtos que possam gerar mais volume.

    A empresa vem tentando focar nas principais marcas que são lideres na sua categoria, cerca de 20 marcas com faturamento de 1 a 10 bilhões, cerca de 15 com vendas de meio a 1 bilhão e o restante na casa de 100 a 500 milhões de dólares. Partindo daí a empresa vem montando uma estratégia de desinvestimento, para reduzir despesas, simplificar a gestão e uma drástica redução nos custos com publicidade, veja aqui.

    Eu acredito que esse desinvestimento pode ser bom no longo prazo para o acionista, durante o ano passado a empresa vendeu 43 marcas de produtos de beleza para a Coty Inc (NYSE: COTY). Vendeu o negócio de Pet Care americano e asiático para a Mars Inc e o europeu para a Spectrum Brands Holdings Inc (NYSE: SPB). Vendeu a sua marca de baterias Duracell para a Berkshire Hathaway Inc (NYSE: BRK.A) em troca das ações que o Warren Buffett tinha na PG, falei sobre isso aqui no ano passado. Agora é acompanhar e ver se a empresa vai conseguir desenvolver novos produtos de sucesso no mercado.

Novembro de 2015 - Dividendos recebidos na BVMF
Ativo Cód Valor
FII AG CAIXA AGCX11 R$ 32,00
FII BB PRGII BBPO11 R$ 48,30
FII CX CEDAE CXCE11B R$ 16,34
FII GALERIA EDGA11B R$ 26,54
FII EUROPA EURO11 R$ 37,44
FII ANH EDUC FAED11B R$ 51,31
FII RIOB RC FFCI11 R$ 14,51
FII RB CAP I FIIP11B R$ 38,96
FII S F LIMA FLMA11 R$ 44,62
FII CSHGSHOP HGBS11 R$ 27,6
FII CSHG LOG HGLG11 R$ 17,40
MAXI RETAIL  MAXR11B R$ 20,12
FII D Pedro PQDP11 R$ 12,7
FII Hotel Maxinvest HTMX11B R$ 23,20
RB CAPITAL RENDA II  RBRD11  R$ 186,10
BANCO BRADESCO SA BBDC3 R$ 4,40
Total   R$ 601,54
Novembro de 2015 - Dividendos recebidos na NYSE
Ativo Cód Valor
PROTECT E GLAMBER CO PG 6,50
COLGATE PALMOLIVE CL 3,72
PAYCHEX INC PAYX 5,29
Total  R$ 59,40 US$ 15,51

Total Geral: R$ 660,94

  • Dólar utilizado para conversão: R$ 3,83 (veja aqui)
  • Valores de dividendos recebidos das ações de NYSE já são declarados como líquidos, ou seja considerando o imposto de renda.

Acompanhe na pagina com as atualizações dos rendimentos mensais e veja como anda a evolução da minha carteira.

Veja como funciona os dividendos no EUA.

Conforme anunciado nesse post resolvi fazer um Trade de Valor com a ação da Manhattan Associates Inc. Para saber como fazer um trade de valor, quais empresas escolher, características de um trade de valor, veja esse vídeo. Abaixo a tabela com as operações de compra e os respectivos ganhos/perdas:

Trade de Valor: Manhattan Associates Inc - MANH
DATA QTDE PREÇO COMPRA GANHO US$ GANHO R$ GANHO % US$ GANHO % CAMBIAL
09/02/2015 73 48,99 1.755,65 6.689,03 49,09 71,66
09/03/2015 66 49,90 1.527,24 5.818,78 46,37 62,21
27/04/2015 33 54,55 610,17 2.324,75 33,90 40,23
11/05/2015 39 53,09 778,05 2.964,37 37,58 47,72
13/07/2017 38 61,32 445,36 1.696,82 19,11 23,34
07/08/2015 22 63,67 206,14 785,39 14,72 15,53
08/09/2015 26 58,90 367,64 1.400,71 24,01 23,94
TOTAL 297 53,88 5.690,25 21.679,85 35,56 44,38

Fevereiro de 2015 – Dividendos recebidos

Mais um mês se passou e é hora de postar o artigo sobre meu assunto favorito: receitas de dividendos. A razão porque gosto de publicar artigos sobre o rendimento de dividendos é porque são números puros. É difícil argumentar com o sucesso no longo prazo contra o crescimento dos dividendos  quando lenta e seguramente vamos vendo as receitas de dividendos subirem ao longo do tempo e cobrirem nossos gastos.

Os dividendos de fevereiro vieram relativamente abaixo do mês anterior, porém comparados com o ano passado teve um crescimento de 127% isso me tranquiliza pois é reflexo de que estou tomando as decisões que me levam para o caminho certo.

Os destaques do mês foram:

  • Colgate-Palmolive – CLA CL é uma das mais antigas empresas de crescimento de dividendos, os analistas da morning star seguramente avaliam que as perspectivas de crescimento nos dividendos para 2015 é de que passe dos  US$ 1,4 por ação.pg dividendos
    A segurança para isso é que a CL possui alguns mercados ainda muito pouco explorados, um exemplo disso é a Índia dona da segunda maior população da terra e que tem baixos índices de consumo de pasta de dentes, em países desenvolvidos o consumo médio per capita é de 484 gms na Índia o consumo é de apenas 147 gms enquanto que em países como Brasil 599 gms (sim somos o país que mais consome pasta de dente do mundo) e Mexico 544 gms. Isso mostra que a Colgate tem muito a crescer em mercados asiáticos, as estimativas da empresa é que ela apresente ao ano um crescimento de 7% pelos próximos 10 anos nessas regiões. Isso é a garantia de que os crescimentos dos dividendos permanecerão em segurança por um longo período de tempo.Atualizei o quadro da empresa com os dados de 2014.
  • BANCO BRADESCO SA – BBDC3: Banco apresentou mais um ano de crescimento robusto, crescimento nos lucros, receita e dividendos nem tem o que se reclamar, enfim como a diretoria acredita que esse próximo ano segue a mesma tendência, principalmente nas carteira de credito que deve se destacar apesar de todas as dificuldades e contratempos que a economia desastrosa desse nosso governo possa criar. Os dados de 2014 foram atualizados na pagina de empresa.

Conforme anunciado nesse post resolvi fazer um Trade de Valor com a ação da Manhattan Associates Inc, a principal vantagem que eu vejo no trade de valor para o trade tradicional é que você não precisa de gastar horas e mais horas diárias analisando o mercado e calculando o momento certo de entrar e sair, sem falar em toda aquela tensão que existe no trade em que precisamos ficar muito atendo pra pegar os melhores pontos de entrada e depois ficar monitorando os pontos de saída.

Pra ser sincero eu gastei apenas 4 horas analisando a Manhattan quando fiz a primeira compra, isso porque tive que ler alguns balanços passados pra entender melhor do negócio e como meu inglês é ruim acaba me tomando muito tempo, depois foi menos de 10 minutos pra fazer as compras.

Abaixo a tabela com as operações de compra e os respectivos ganhos/perdas:

Trade de Valor: Manhattan Associates Inc - MANH
DATA QTDE PREÇO COMPRA GANHO US$ GANHO R$ GANHO % US$ GANHO % CAMBIAL
09/02/2015 73 48,99 US$115,34 R$ 373,70 3,23 % 4,00 %
09/03/2015 66 49,90  US$44,22 R$ 143,27 1,34 % 1,53 %
RESULTADO FINAL 139 49,42 US$159,56 R$ 516,97 2,32 % 2,77 %
Fevereiro de 2015 - Receita com dividendos BVMF
Ativo Cód Valor
FII AESPAR AEFI11 R$ 17,00
FII AG CAIXA AGCX11 R$ 29,20
FII BB PRGII BBPO11 R$ 21,64
FII BMBRC LC BMLC11B R$ 24,07
FII BC FUND BRCR11 R$ 29,29
FII CX CEDAE CXCE11B R$ 14,90
FII MTGESTAO DRIT11B R$ 19,68
FII OURINVES EDFO11B R$ 12,07
FII GALERIA EDGA11B R$ 14,72
FII EUROPAR EURO11 R$ 37,70
FII ANH EDUC FAED11B R$ 19,69
FII RIOB RC FFCI11 R$ 15,09
FII RB CAP I FIIP11B R$ 40,63
FII S F LIMA FLMA11 R$ 35,21
FII CSHGSHOP HGBS11 R$ 27,60
CSHG JHSF PRIME OFFICES  HGJH11 R$ 9,40
FII CSHG LOG HGLG11 R$ 17,40
FII HG REAL HGRE11 R$ 23,20
MAXI RETAIL  MAXR11B R$ 58,50
FII D Pedro PQDP11 R$ 2,66
FII RBPRIME1 RBPR11 R$ 4,12
BRADESCO BBDC3 R$ 3,20
PARANA BANCO  PRBC4  R$ 175,90
Total   R$ 652,87
Fevereiro de 2015 - Receita com dividendos NYSE
Ativo Cód Valor
PROCTER & GLAMBER CO  PG  U$ 6,31
COLGATE-PALMOLIVE  CL  U$ 3,53
Total  R$ 25,68 U$ 9,84

Total Geral: R$ 678,55

  • Dólar utilizado para conversão: R$ 2,61 (veja aqui)
  • Valores de dividendos das ações de NYSE já são declarados como líquidos, ou seja considerando o imposto de renda.

 

Acompanhe na pagina com as atualizações dos rendimentos mensais e veja como anda a evolução da minha carteira.

Veja como funciona os dividendos no EUA.