Foco no poder de lucro da empresa

Foco no poder de lucro da empresa

Se você é um investidor de crescimento de dividendos, já sabe que crescer os dividendos de forma constante é só metade da história. Todas as empresas que cresceram os dividendos de forma consistente, por mais de uma década, tiveram um padrão de crescimento no lucro durante esse mesmo período de tempo.

Como um investidor de Dividendos, meu objetivo é encontrar ações atrativas que crescem consistentemente os dividendos. Eu faço isso e compartilho com meus assinantes no Ex-Dividend, saiba mais aqui. Eu pesquiso diversas empresas de forma exaustiva na lista de empresas que cresceram dividendos. São mais de 880 empresas que aplico meus critérios de seleção e vou olhando como uma lupa para cada case de negócio. Eu não me preocupo muito com os recordes de dividendos que uma empresa alcançou. Isso é um ponto positivo? Sem dúvida. Mas não é algo decisivo nos meus estudos.

Uma empresa de dividendos passa por 3 estágios durante a sua vida, vou até fazer um artigo comentando sobre isso no futuro. Eu geralmente gosto mais da empresas que estão na segunda fase, embora as vezes tenho uma quedinha para algumas que se encontram na primeira fase.

No entanto, eu tento selecionar não só empresas que tenham um registro de aumento de dividendos, mas aquelas que têm chances decentes de continuar a crescer seus dividendos pelos próximos 20 ou 30 anos. Nem toda empresa vai conseguir isso, mas para aquelas que conseguem, elas irão gerar a maior parte do crescimento de dividendos do portfólio, falei sobre os vencedores aqui nesse artigo: Porque a maioria dos investidores falham na bolsa.

A fonte oculta do crescimento de dividendos é o crescimento dos lucros. Se você é assinante do XD+ sabe que lá tem empresas que podem aumentar os lucros por ação por um longo período de tempo. Crescer os lucros por ação são o combustível atras do crescimento de dividendos.

Por exemplo, a Visa Inc, aumentou os dividendos a 10 anos consecutivos, a empresa saiu de um lucro por ação de $0,24 para $4,09 nesse último ano de 2018, enquanto que os dividendos foram mais que dobrados saindo de $0,03 para $0,78. O resto dessa diferença foi investido no próprio negócio para assim gerar mais lucros e depois poder aumentar ainda mais os dividendos.

Uma empresa que é incapaz de crescer os lucros ao longo do tempo não poderá se dar o luxo de crescer os dividendos por tanto tempo. Por exemplo Diebold (DBD) tinha conseguido aumentar os dividendos por 60 anos consecutivos até que veio a cortar em 2013. Infelizmente, a empresa foi incapaz de crescer os lucros, e a relação de pagamento dividendos atingiu os limites que uma distribuição poderia se tornar sustentável.

Como resultado a empresa manteve a distribuição em 2014 e 2015, se o investidor segue o “Jeito Viver de Dividendos de investir” ele já teria pulado fora do barco em 2014. Aí você começa a olhar para a Diebold nos dias atuais e vê que os dividendos foram cortados de 0,96 no primeiro corte em 2016, depois cortou para 0,40 em 2017 e agora está em 0,30. E o lucro? Despencou de um lucro de $1,76 para um prejuízo de $-4,66!!!

Ok Viver de Dividendos, já entendi que o lucro é importante para o crescimento dos dividendos, mas me explica como saber que uma empresa vai conseguir crescer os lucros?

Aí que está o pulo do gato, se liga que vou te explicar como matar a charada!

Vamos pegar o caso de Procter & Gamble, a empresa possui fortes marcas e relativamente tem produtos baratos que os consumidores compram com muita frequência. A maioria dos consumidores vai ficar com uma marca cuja a qualidade eles confiam e nem irão se importar com um ligeiro aumento nos preços ao longo do tempo. Se você gosta das fraldas Pampers e confia na qualidade da marca, não vai se importar em procurar um substituto para economizar 50 centavos. Com esse poder de precificação, P&G consegue repassar os custos facilmente para os consumidores. Isso resulta em lucros crescentes ao longo do tempo.

A analise qualitativa do negócio é mais importante que analisar os números. É aqui que a maioria da galera vacila. Quem acompanha as Revista do Viver de Dividendos no XD+ sabe que cada edição ao analisarmos um ativo nosso foco maior é na análise qualitativa do mesmo. Se uma empresa tem marcas fortes e fosso largo, poderá aumentar os preços e isso não afetará os lucros gerados a partir de seus fiéis clientes.

Pega por exemplo empresas de tabaco que tem vendido vício. Empresas como essas conseguem aumentar o preço de seus produtos por anos a fio. Apesar da diminuição no número de usuários ao longo dos anos, os aumentos de preços e o corte de gastos com aumento de eficiência levantou o lucro dessas empresas por décadas.

O que você deve evitar nas suas escolhas é empresas que oferecem produtos tipo commodities, empresas que podem perder liderança devido a mudanças tecnológicas bruscas, bem como as empresas cíclicas por natureza como as de commodities.

Uma empresa de commodities deixa o mercado dizer o quanto vale seus produtos, não detém o controle do mercado consumidor e portanto não tem o poder de fixação de preços como uma Coca Cola KO ou uma Colgate Palmolive CL.

É muito comum ver investidores se enganarem com essas empresas de commodities, pois os preços flutuam de acordo com as condições econômicas. Podemos ver isso mais claramente em empresas de minério, mas especialmente em siderúrgicas.

Evite também empresas que tiveram um boom temporário nos lucros, quando você analisa, não consegue ver nada mais que sorte de estar no momento certo e no lugar certo. Pegamos aí o exemplo das petroleiras que tiveram bons resultados quando o petróleo esteve em picos passados de cotação, ou mesmo empresas de ouro mais atrás que tiveram crescimento de lucros consistente por uma década para depois a commodities se reajustar novamente.

Por fim, mas não menos importante, evite empresas cujos produtos ou serviços podem ser considerados obsoletos por mudanças tecnológicas (alô galera da UGPA kkkk), pois não serão capazes de manter o fluxo de caixa crescente para continuar os crescimentos dos dividendos. Empresas de TI são exemplo clássico disto, essas empresas raramente conseguem ter vantagens competitivas que permitam crescerem os dividendos por 15 ou 20 anos seguidos.

Olhando hoje você realmente acredita que uma INTEL continuará a fornecer tecnologia em 2030, ou seus produtos estarão obsoletos ? Alias, ela já está se tornando carta fora do baralho, olhe aqui. No entanto, muito provavelmente em 2030 teremos os consumidores ainda comendo Lay’s da Pepsico (PEP).

Em resumo, uma empresa que gerência o crescimento dos lucros ao longo do tempo, será capaz de pagar aos acionistas como recompensa um fluxo crescente de dividendos. Os investidores devem analisar cada empresa detalhamento e determinar se ela tem as características qualitativas que lhe permita crescer os lucros. Se essas características são atendidas então o trabalho do investidor é ensacar na carteira esses ativos montando um portfólio bem diversificado. Quem é assinante do XD já tem isso bem mastigado, só falta engolir, feito uma boa Lay’s :)

 

Dividendos recebidos – Julho de 2018

Falaremos nesse post sobre a Coca-Cola e sobre dividendos, que é o meu assunto favorito no blog. Falar sobre recebimentos de dividendos é muito bom, de certa forma cada mês que escrevo artigos como esse, é como se fosse dado mais um passo rumo a independência financeira.

O que veremos nesse post, nada mais é do que foi explicado no fechamento anual, veja aqui. Onde mostrei o gráfico de como os dividendos estão num caminho de subida bonito.

A bola de neve está começando a dar seus resultados, esse mês tivemos um recorde de recebimento de dividendos, foi o maio valor recebido em um mês. Já havia falado no nosso post sobre receitas e despesas, relembre aqui, que o resultado de dividendos tinha vindo acima das expectativas.

Tivemos um crescimento nos dividendos de +81% comparado com o ano anterior. Esse bom resultado deveu-se a nossa estratégia de aportes, e também aos REITs que foram os responsáveis por boa parte dessa fatia.

O gráfico no inicio do texto e resultados como o deste mês é que nos motivam a continuar na estratégia e confirmam que estamos no rumo certo.

Toda semana na minha pagina sobre a Carteira, você pode acessar ali no alto, tenho que responder uns 3 comentários iguais a esse. Quando o leitor enxerga a minha estratégia de investimento com um tapa olho ele acaba fazendo esses questionamentos.

Agora se no ano passado meu melhor resultado de dividendos foi no mês de outubro eu só fico curioso para saber como será meu outubro deste ano. Será que ultrapassa a barreira dos 2,8k ?

Não seja investidor de timing de mercado mas de tempo de mercado

Depois que já tinha escrito esse artigo e logo antes de publica-lo hoje rolou uma discursão (no bom sentido da palavra) no twitter entre eu e o BPMilhao, veja mais abaixo e inclusive siga-o no twitter também :)

Principal ponto aqui é que ele argumenta que os dividendos não estão subindo. Eu até comentei com ele que isso só se for na carteira dele porque na minha os crescimentos andam de vento em poupa, uma prova é esse próprio post no qual eu mostro que meus dividendos cresceram em +81% quando comparado aos anos anteriores.

Muitos devem estar falando, mas é por causa dos aportes, sim parte é por eles, mas se fosse só eles eu teria um patrimônio muito superior ao daquele mês no entanto o gráfico abaixo não mostra isso, os dividendos estão crescendo porque as empresas que escolhi são empresas de crescimento de dividendos. É nessas horas que vejo que estou no caminho certo com relação a minha estratégia.

Veja que em julho de 2017 eu tinha $89k de capital investido na bolsa americana. Já nesse ano, confira aqui, tenho $124k, ou seja, um crescimento de +39% no meu patrimônio. Para quem acredita que os dividendos cresceram só por conta dos aportes, me explica como aumentar os aportes em +39% e os dividendos crescerem +81% ?

Se considerar só aportes essa conta pra mim não fecha. A diferença de +42% de aumento nos dividendos, numa conta de padeiro, é por conta dos crescimento dos dividendos. Isso é fruto de uma estratégia bem montada de escolha de ativos, e foco no tempo de mercado. Quer ter esse retorno na sua carteira? Saiba aqui como e pare de sofrer.

Outro ponto, é que lá ele comenta que o mercado está bem esticado e em tendencia de Touro, lembre-se que recentemente fiz um video sobre isso explicando os ciclos do mercado e quão importante é para o investidor entender isso. Também tenho um artigo muito importante sobre porque você deve ser um investidor de tempo de mercado e não de timing. Todas as vezes que você começar a se preocupar em acertar o timing vai acabar como a história do pior fundo de investimento dos Estados Unidos, recomendo muito sua leitura como complemento a esse texto.

Por fim outro ponto a questionar sobre a discursão foi que o BPM disse que iria vender as ações com melhores performance da sua carteira, para realizar lucro e aproveita esse Bull. A meu ver, é uma estratégia que eu não uso nos meus investimentos.

Gosto de comparar investimentos com futebol que é melhor do brasileiro entender. Imagina que você está com um baita time e ganha o campeonato. Você vai vender seus melhores jogadores e deixar os piores no seu time ?

Não faz muito sentido isso pra mim, tanto que até falei nesse outro artigo sobre os maiores erros cometidos pelos investidores. Não retire da sua carteira as ações vencedores, retire sim as problemáticas. Recomendo a leitura do artigo linkado anteriormente na parte onde dou um exemplo comparativo do WMT com a Kodak.

Pra finalizar o assunto, que daria um post :) eu entendo que o mercado pode-se ter estratégias diferentes, não estou dizendo que o que estou fazendo é o certo e o que BPM faz é o errado, mas sim que o que eu faço funciona muito bem pra mim, se o que ele ou você faz funciona pra você é isso que importa. A ideia aqui não é confrontar ideias mas sim apresentar pontos de vistas diferentes, a partir daí cada um toma suas conclusões e aperfeiçoa aquilo que eles acham deficientes.

ps. Para não fazer fake news com o BPM lançou um twitter explicando melhor o que ele quiz dizer com o “não crescer os dividendos”.

Coca-Cola Co – KO

Já tem um tempo que não abordo a Coca aqui no blog. Ando monitorando-a bem de perto, e quem me acompanha no podcast sabe muito bem disso. Fato é que a Coca não vem apresentado bons resultados e até por conta disso suspendi meus aportes novos na empresa até que a mesma comece a mostrar sinais de melhoras. Lembre-se que comentei sobre isso aqui.

Ela tem procurando maneiras de se reestruturar e vem buscando novos mercados de bebidas alternativas como aguas, sucos, leites e energéticos. A empresa tem grana pra comprar muito concorrente por ai. E principalmente ela tem uma força de distribuição que nenhuma outra marca no mundo tem.

Nesse setor da Coca distribuir é fundamental, alias é o mais importante, não adianta ter um bom produto se ele não consegue chegar nas prateleiras dos consumidores, e a Coca é uma empresa que consegue fazer isso muito bem.

O que veremos nesses próximos resultados é sempre uma queda de receita, pois a empresa vem fazendo um processo de refranchising, muito semelhante ao que o McDonalds vem fazendo. O risco sobre a Coca é grande, pois ou ela cresce os lucros ou terá que cortar os dividendos por conta dessa perda de receitas. Por isso estamos acompanhando bem de perto.

Agora recentemente publiquei no podcast a primeira bebida alcoólica que a Coca coloca no mercado, a primeira cerveja foi lançada exclusivamente no Japão. Lembre aqui nesse cast #47.

Essa entrada no setor de cervejas pode ser bem interessante. Acredito que seja um setor bem lucrativo e resiliente a crises. A Ambev é um bom exemplo disso. Inclusive se você é acionista da Ambev se segura que o Urso (da Coca) tá chegando pra te pegar :)

Vamos ver como todas essas mudanças tem performado nos resultados:

A receita liquida caiu -8% (conforme comentamos acima o motivo) para 8,9 bi enquanto que as receitas orgânicas cresceram +5% impulsionado pelo volume e mix de preços. A margem operacional comparável (aqui exclui-se os efeitos da refranchising) cresceu +3% o que levou os lucros a crescerem +3% para 0,61 corroborando com o que disse acima.

Os resultados nos refrigerante foi positivo de +5% durante o trimestre com crescimento de mais de 2 dígitos para Coca-Cola Zero açúcar e Fuze Tea.

A Coca lançou um novo produto aqui na Europa o AdeZ que uma bebida a base de plantas originarias da America Latina. O AdeZ tem uma posição mais premium dentro do mercado de bebidas e já foi lançado em 10 países e a Coca espera expandir para 19 até o final do ano. Essa bebida veio da aquisição que fizeram da AdeS.

Outra frente que a companhia vem atuando e nas tentativas de reduzir o açúcar das bebidas, lançando na Nova Zelandia a Coca-Cola Stevia sem açúcar e que é adoçado 100% com stevia. A Coca também expandiu sua marca de Coca-Cola Diet na UK incluindo a inclusão de novos sabores.

A empresa vem investindo no e-commerce tentando atacar diretamente os consumidores. A empresa expandiu nos USA a MyCoke Digital uma plataforma que permite os clientes de varejo repor os estoque de bebidas e agendar futuras encomendas on-line. A plataforma tem levado a +5% no aumento de receita de vendas em comparação dos locais onde temos o modelo tradicional, alem de crescer as vendas reduz os custos aumentado assim ainda mais as vantagens competitivas da Coca.

Para finalizar um resultado geral do segmentos da empresa a nível de crescimento dos volumes, considerando o mundo inteiro.

  • Refrigerantes: +2%
  • Sucos, leites e bebidas a base de plantas: -2%
  • Agua e energéticos: +4%
  • Chá e café: -1%

Fato é que a Coca vem fazendo seus esforços para remodelar seu modelo de negócio. Ainda é muito cedo para dizer se isso terá efeitos positivos, mas a principio me parece que estão indo para o caminho certo, buscando diversificação de produtos e entrando em novos mercados. Claro que alguns deles não darão certo, mas o que não podemos é ficar parado esperando o fim do mundo.

Esses dias fiz um vídeo falando sobre a Ultrapar, relembre aqui. Onde coloquei um cenário parecido com o da Coca, mudança de habito de consumo e mercado. Aproveitando o assunto da Coca, acho que cabe um pequeno comentário acerca da situação da UGPA3. Quem acompanha a Coca de perto sabe que eles estão se virando nos trinta para buscar diversificação. Algo que a Ultrapar tem feito em certa medida, mas muito tímido ainda quando comparamos com o que a Coca vem fazendo. São mercados diferentes e empresas diferentes, isso deve ser levado em consideração, mas a minha critica a Ultrapar é essa moleza da administração em começar a reagir a uma mudança de mercado eminente. Enfim tinha até outros pontos a comentar mas como esse post não é sobre a Ultrapar, vamos ficar por aqui!

Invista em Dividendos nos Estados Unidos

Se você gostou da Coca-Cola ou de outras empresas semelhantes a ela, saiba que é possível investir nos Estados Unidos de forma simples e barata. Não precisa ter tanto dinheiro e pode-se operar daqui do Brasil.

Abra sua conta numa corretora americana, diversifique seus investimentos em dólar e comece agora mesmo a montar sua carteira de ações nos Estados Unidos. Veja aqui como Abrir uma conta na corretora americana.

Utilize a RemessaOnline para enviar dinheiro para a conta da corretora ou para enviar remessas ao exterior de forma fácil e barata.

Dividendos recebidos na BVMF
Ativo Cód Valor
FII AG CAIXA AGCX11 R$ 29,00
FII BB PRGII BBPO11 R$ 53,95
FII CX CEDAE CXCE11B R$ 52,93
FII EUROPA EURO11 R$ 35,10
FII ANH EDUC FAED11B R$ 61,90
FII RIOB RC FFCI11 R$ 16,79
FII RB CAP I FIIP11B R$ 41,19
FII S F LIMA FLMA11 R$ 37,68
FII CSHGSHOP HGBS11 R$ 26,40
FII CSHG LOG HGLG11 R$ 37,50
MÁXI RETAIL  MAXR11B R$ 17,66
FII D Pedro PQDP11 R$ 14,23
FII Hotel Maxinvest HTMX11B R$ 18,92
RB CAPITAL RENDA II  RBRD11  R$ 42,11
FII LOURDES CI   NSLU11 R$ 31,19
Total   R$ 516,55
Dividendos recebidos na NYSE
Ativo Cód Valor
COCA-COLA CO KO 6,82
Walt Disney CO DIS 19,99
GENUINE PARTS COMPANY GPC 4,03
CHUBB CORP CB 16,06
UNION PACIFIC CORP UNP 5,11
REALTY INCOME CORP O 18,02
STAG INDUSTRIAL INC STAG 20,38
EPR PROPERTIES EPR 29,48
CHATHAM LODGING TRUST CLDT 32,39
DIGITAL REALTY TRUST INC DLR 36,06
ESSEX PROPERTY TRUST INC ESS 10,42
KITE REALTY GROUP TRUST KRG 28,90
VENTAS INC VTR 79,63
FARMLAND PARTNERS INC FPI 59,71
IRON MONTAIN INC IRM 86,37
PARK HOTELS & RESORTS INC PK 80,08
PREFERRED APARTMENT COMMUNITIES INC APTS 41,95
Total  R$ 2.169,26 US$ 575,40

Total Geral: R$ 2.685,81

• Dólar utilizado para conversão: R$ 3,77 (veja aqui)

• Valores de dividendos recebidos das ações de NYSE já são declarados como líquidos, ou seja considerando o imposto de renda.

Acompanhe na pagina com as atualizações dos rendimentos mensais e veja como anda a evolução da minha carteira.

Veja como funciona os dividendos no EUA.

Enquanto isso…

urnas eletrônicas

 

 

Papo de Dividendo #51: Farmland – AMZN – KO – FB – FCAU – FPI

Papo de Dividendo #51: Farmland – AMZN – KO – FB – FCAU – FPI

No post de compras desse mês, disse que iria comentar sobre a compra da Farmland no podcast. Então cá estou. Vamos falar do que aconteceu com o Farmland e você vai ficar por dentro do que aconteceu com o maior REIT de fazendas do mercado americano. Seria uma possível fraude? O que fazer com minhas ações da FPI? Continuo como sócio ou pulo fora? Quer saber sobre isso e muito mais… Só escutar nosso podcast.

ATENÇÃO: Esse podcast é especial e tem um tamanho de 63 min então pode demorar a carregar o audio.

Nesse cast falamos da:

– COCA COLA
– AMAZON
– FACEBOOK
– FIAT
– FPI

Você pode assinar o Feed do Podcast ali do lado ou utilizando esse link, é muito pratico e simples. Veja mais papos de dividendos.

Ao dar o play pode demorar alguns segundos até que o download  do áudio seja concluído.

Viver de Dividendos Papo de Dividendo #51: Farmland - AMZN - KO - FB - FCAU - FPI
Like
0 plays
0 likes

Ex-Dividend Plus

Investe na bolsa americana e não sabe como identificar empresas fantásticas para colocar na sua carteira? O Ex-Dividend Plus é feito para lhe ajudar nos estudos de empresas da bolsa americana, temos diversas carteiras já montadas de empresas pré-selecionadas, são empresas fantásticas.

Além disto, trazemos o case de negócio de cada um dos ativos e mostrarmos a você na prática o que deve olhar e como procurar informações importante sobre as ações e REITs.

Papo de Dividendo #48: GOOGLE – JD – FXCOF – KO – DIS – T – MSFT – UN – TSLA

Papo de Dividendo #48: GOOGLE – JD – FXCOF – KO – DIS – T – MSFT – UN – TSLA

Vamos falar sobre o Google e seus investimentos no Google Shopping na China, falaremos sobre uma boa noticia para os acionistas da Coca, Disney e AT&T e uma não tão boa assim para quem é acionista da Unilever.

Nesse cast falamos da:

– GOOGLE
– JD.COM
– FOXCONN
– COCA COLA
– DISNEY
– AT&T
– MICROSOFT
– AMAZON
– WALMART
– UNILEVER
– TESLA

Você pode assinar o Feed do Podcast ali do lado ou utilizando esse link, é muito pratico e simples. Veja mais papos de dividendos.

Ao dar o play pode demorar alguns segundos até que o download  do áudio seja concluído.

Viver de Dividendos Papo de Dividendo #48: GOOGLE - JD - FXCOF - KO - DIS - T - MSFT - UN - TSLA
Like
0 plays
0 likes

Ex-Dividend Plus

Investe na bolsa americana e não sabe como identificar empresas fantásticas para colocar na sua carteira? O Ex-Dividend Plus é feito para lhe ajudar nos estudos de empresas da bolsa americana, temos diversas carteiras já montadas de empresas pré-selecionadas, são empresas fantásticas.

Além disto, trazemos o case de negócio de cada um dos ativos e mostrarmos a você na prática o que deve olhar e como procurar informações importante sobre as ações e REITs.

Papo de Dividendo #47: Coca-Cola – RBS – AAPL – JPDYY – SHCAY – BORGN – TSLA – BAYRY – TWTR – NFLX – DIS – SBUX – BKNG – AIRB – KO – BABA

Papo de Dividendo #47: Coca-Cola – RBS – AAPL – JPDYY – SHCAY – BORGN – TSLA – BAYRY – TWTR – NFLX – DIS – SBUX – BKNG – AIRB – KO – BABA

Nesse cast vamos falar sobre a nova bebida histórica da Coca-Cola. Quer saber o que a Coca lançou no Japão que nunca havia feito antes na sua história ? Saiba essas e muitas outras respostas, como por exemplo se você for acionista da Inter ou da Starbucks não pode perder esse cast.

Nesse cast falamos da:

– ROYAL BANK OF SCTOTLAND
– APPLE
– JAPAN DISPLAY
– SHARP
– BLUE ORIGIN
– TESLA
– BAYER & MONSANTO
– TWITTER & NETFLIX
– DISNEY
– STABUCKS
– BOOKING
– AIRBNB
– COCA COLA
– ALIBABA

 

Você pode assinar o Feed do Podcast ali do lado ou utilizando esse link, é muito pratico e simples. Veja mais papos de dividendos.

Ao dar o play pode demorar alguns segundos até que o download  do áudio seja concluído.

Viver de Dividendos Papo de Dividendo #47: Coca-Cola - RBS - AAPL - JPDYY - SHCAY - BORGN - TSLA - BAYRY - TWTR - NFLX - DIS - SBUX - BKNG - AIRB - KO - BABA
Like
0 plays
0 likes

Ex-Dividend Plus

Investe na bolsa americana e não sabe como identificar empresas fantásticas para colocar na sua carteira? O Ex-Dividend Plus é feito para lhe ajudar nos estudos de empresas da bolsa americana, temos diversas carteiras já montadas de empresas pré-selecionadas, são empresas fantásticas.

Além disto, trazemos o case de negócio de cada um dos ativos e mostrarmos a você na prática o que deve olhar e como procurar informações importante sobre as ações e REITs.